Gustavo Mioto fala dos sucessos e de show no trio elétrico na Divinaexpo 2017

O cantor Gustavo Mioto foi uma das atrações da quarta noite da Divinaexpo 2017. Se apresentando no trio elétrico, o cantor paulista, da cidade de Votuporanga falou a reportagem sobre a sua trajetória, que começou bem cedo. Aos 20 anos, o jovem é um dos destaques na internet com mais de 68 milhões de visualizações e cerca de 438 mil inscrições em seu canal oficial no Youtube. "Eu comecei muito cedo, com cinco, seis anos. Comecei a tocar violão nessa época, com 7 anos, 8 anos ali. Com 10 anos comecei a compor. Aos 13, já estava trabalhando em uma banda de baile, fazendo formaturas, casamentos. Com 15 anos saí da banda para fazer o meu primeiro disco. E aí começou, soltei "Ela não gosta de mim", que foi muito bem o clipe, estamos com 23 milhões (de visualizações no Youtube). E aí graças a Deus não parou mais, a gente foi avançando até que chegou na "Impressionando os anjos" hoje", complementou.

Um dos grandes sucessos de Gustavo Mioto é a música "Impressionando os anjos". Atualmente com 26 milhões de visualizações no Youtube, a música surgiu após o cantor assistir a uma reportagem na qual um homem perde a esposa e passa a cuidar dos filhos sozinho. "A impressionando nasceu de um sonho meu, onde eu sonhei que estava cuidando de duas crianças, era um casalzinho que na música se tornaram Julinha e Pedro. Eu vinha tentando compor junto com o Theo Andrade, que foi o cara que fez comigo a música há muito tempo e a gente nunca conseguia. A gente lembra até hoje, era dia 07/07, às 04h44 da manhã. A gente sentou e ele falou: 'cara, tive o pressentimento que a gente ia fazer uma música como se fosse uma oração, para alguém que já foi'. Um dia antes disso, tinha assistido uma reportagem em que o marido tinha perdido a esposa e ficava cuidando das duas crianças. E fiquei com isso na cabeça, quando ele chegou e falou isso disse:" não é possível, Deus está falando para a gente", comentou.

Mioto também falou da apresentação, que teve vários estilos e garantiu a animação de quem acompanhou o trio elétrico. "Nosso show é muito eclético. A gente tenta agradar a todo o público. Galera que gosta de rock, de axé, de country, dance. A gente faz o sertanejo, que é a nossa base, mas também tem country americano, dance, axé, rock", explicou.

Ouça a entrevista do cantor Gustavo Mioto [audio mp3="http://media.sistemampa.com.br/2017/06/Entrevista-Gustavo-Mioto-03-06-17.mp3"][/audio] [gallery type="slideshow" size="full" link="file" ids="362549,362582,362581,362550,362548,362546,362547" orderby="rand"]